Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

sábado, novembro 24, 2007

Senta que lá vem a história...

Chamando os pacientes na recepção percebo um paciente que não sentou durante um minuto sequer. Quando chega a sua vez pergunto-lhe.

EU: O que aconteceu jovem?
Paciente: Estou com uma dor na barriga.

EU: Preciso levantar seu histórico, aqui diz que vc já fez uma cirurgia e pela cicatriz na barriga posso ver que foi grande.
Paciente: Sim doutor. Eu tive um problema e "acho" que aconteceu de novo.

EU: Qual foi o problema?
Paciente: Tenho vergonha de contar doutor.

EU: OK, vamos tirar uma radiografia.


EU: WTF???? (WTF --> WHAT THE FUCK?????)

Momentos depois.....

EU: Meu querido pintassilgo raivoso da vida do peito cor de rosa.... A Srta. tem um tubo de desodorante/creme de barbear (vai ver ele prefere mentol do spray seco) dentro do seu reto (cu para os mais abestados).
Paciente: Pois é doutor. Aconteceu. De novo.

EU: (EU PENSANSO, PUTA MERDA MEU, DE NOVO??? FILHO DUMA ÉGUA, LAZARENTO) OK, vamus para a cirurgia, novamente.

Ligar o som do Jaco e Vinny rufando os tambores.

Desligar o som do Jaco e Vinny rufando os tambores.

EU: Meu querido paciente ("fucking fuck mothafuckin idiot"), a cirurgia foi um sucesso e removemos o objeto de dentro do seu reto (cu) que deve ser a causa da dor em sua barriga.
Paciente: Doutor, por favor, sigilo....

EU: Não precisa nem dizer isso, sou obrigado.
Paciente: Obrigado doutor.

Moral da história:
O sem vergonha, que tem vergonha de ir ao sex shop comprar um vibrador tamanho família, faz seu próprio instrumento (notem a profissionalidade do objeto na foto, até a tampinha esta selada com fita) e ainda consegue perdê-lo dentro do rabo. A cirurgia foi paga pelo SUS ão e enquanto isso, o sujeito que leva a vida honestamente roubando, morreu na recepção com alguns tiros no peito. Moral da história? Sei lá, só não podia perder a piada. Cada coisa que a gente vê nos hospitais.

Nenhum comentário: